terça-feira, 27 de outubro de 2009

DIÁRIO DE TURNÊ – SESC Três Rios (RJ)


Dia 24 de Outubro partirmos para nossa segunda apresentação na “Caravana Vermelha no SESC”. Dessa vez tivemos que sair mais cedo, pois a nossa trilha começa ficar mais longa. Depois de uma parada na Casa do Alemão, chegamos ao teatro. Muito bonito por sinal. Em frente à Praça São Sebastião, a principal da cidade de Três Rios. Mais de 130 pessoas assistiram a nossa primeira apresentação fora do município do Rio de Janeiro. Foi mais um dia especial nessa peça que está preste a completar um ano de temporada. Será dia 30 de Outubro. E estaremos em ação. Exatamente no SESC São Gonçalo. Então, aproveito agora pra convocar todos os moradores de São Gonçalo, Alcântara, Niterói e outras localidades para assistirem a apresentação de 1 ano dos Ruivos. Venha comemorar com a gente.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

DIÁRIO DE TURNÊ - SESC Engenho de Dentro (RJ)


                                                                          PEDRO E DIDA
Dia 19 de outubro, de 2009, após o inverno que nos fez arrumar as coisas, a primavera chega e nos traz de volta aos palcos. Por volta das 15hs saímos do nosso depósito. Retiramos os nossos figurinos e relembramos o texto, um texto que, para mim, é diário, pois não consigo e nem quero deixar de ser ruivo. Entramos na van. O teatro é pequeno, bem cuidado e, curiosamente, tem o mesmo técnico que trabalhou com a gente no Teatro Sérgio Porto. Lá, começamos arrumar o palco. Esticamos o linóleo, que deu trabalho. As luzes foram afinadas enquanto conversávamos com a nova atriz ruiva: Carolina Ferman, que fará parte da “Caravana Vermelha do SESC”, que vai levar a peça para alguns lugares do Brasil. Foi bem bacana o espetáculo. A plateia começou meia contida, mas logo começaram a participar e a entender um pouquinho mais desse nosso desabafo. Semana que vem partirmos para a cidade de Três Rios, onde faremos mais uma apresentação na “Caravana Vermelha” pelos SESCs. Eu volto a escrever novamente semana que vem. Saudações dos Ruivos.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

"OS RUIVOS" EM CARTAZ NAS UNIDADES DO SESC RIO






os Ruivos


O espetáculo Os Ruivos entra em cartaz nas unidades do Sesc Rio em Outubro. A peça, de Leonardo Neves e Pedro Monteiro, será apresentada pela Companhia Jogo de Cena.


O espetáculo aborda de forma bem humorada a rotina dos ruivos, que desde criança são obrigados a conviver com apelidos como "ferrugem" e "cabeça de fósforo". Taxados de gringos em seu próprio país, esses raros indivíduos enfrentam até o risco de extinção, de acordo com estudos recentes. Para lutar contra preconceito, exclusão e as previsões nada otimistas da ciência, a comunidade ruiva rebela-se contra as dificuldades de ter sardas e cabelos vermelhos num país de negros, pardos, índios e amarelos.


A peça levanta a bandeira em favor dos ruivos e faz algumas brincadeiras como reivindicações por um prefeito ruivo e meia-entrada em dermatologistas. Classificação: 14 anos.

Trajetória

Em outubro de 2008, estreia no Rio de Janeiro a comédia "Os Ruivos", no Espaço Cultural Sérgio Porto. O que seriam apenas quatro apresentações, acabaram se transformando numa temporada de mais de 100 apresentações em oito meses, estendida ao Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping. A boa repercussão de público e mídia impulsionou a criação do Movimento Vermelho, integrado por dezenas de representantes da classe.


Pela primeira vez reunida, a comunidade ruiva provocou riso, choro e comoção ao dividir histórias de vida colecionadas ao longo dos anos: os apelidos mais cruéis, as perguntas mais estúpidas ouvidas ("tem certeza de que são seus pais?"), as muitas ocasiões em que foram tratados como turistas. Para reunir todos os relatos e desabafos - alguns deles incorporados ao texto do espetáculo - um blog foi criado (osruivos.blogspot.com) e um documentário está sendo produzido pela Cavídeo Produções. Mas a onda ruiva não para por aí. Os portadores de sardas foram convidados também para estrelar um editorial de moda da revista de domingo do jornal O Globo, tiveram suas reivindicações ouvidas por Dani Suzuki, do programa "Tribos", e alcançaram projeção nacional no Programa do Jô. Depois da passagem pelo Rio, ninguém segura mais "Os Ruivos". Eles agora vão cair na estrada Brasil afora, para mostrar que acabou o tempo em que coisa estava russa para o ruivo.


Elenco


Direção e trilha sonora: Cynthia reis

Autores: Leonardo Neves e Pedro Monteiro

Elenco: Pedro Monteiro, Dida Camero 
Figurino e cenário: Junior Santana

Site e blog: Leonardo Neves

24/10, 20h.

Sesc Três Rios

Rua Nelson Viana, 327

Tel: (24) 2252-6454


31/10, 20h.

Sesc Nova Friburgo

Av. Presidente Costa e Silva, 231

Tel: (22)2543-5000


30/10, 20h.

Sesc São Gonçalo

Av. Presidente Kennedy, 755 - Estrela do Norte

Tel.: (21) 2712-2623

Ingressos:

R$ 3 para comerciários.

R$ 6 para estudantes e idosos.

R$ 12 para o público em geral.

Este release foi elaborado pela assessoria de imprensa do Sesc

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

NOVA TEMPORADA


terça-feira, 13 de outubro de 2009

O RETORNO DOS RUIVOS



    Os ruivos voltam com a corda toda. Após passar uma pequena temporada de férias, depois de mais de 100 apresentações, os ruivos estão de volta. E com eles várias novidades e novos integrantes.

  No mês de Outubro vamos fazer quatro apresentações, todas no espaço Sesc, 17, Engenho de Dentro, 24, Três Rios, 30, São Gonçalo, 31, Nova Friburgo, todas as apresentações serão às 20hs. Aguardamos a presença de todos vocês, ruivos e não ruivos, para assistir aquilo que chamamos de “os ruivos contratacam”.

   Não deixe de ver alguém no palco igual a você, mesmo que você não seja ruivo, pois quando entendemos as diferenças dos outros nos tornamos cada vez mais parecidos. Aguardo vocês dia 17, SESC Engenho de Dentro - Av. Amaro Cavalcanti, 1661, às 20h.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

VIDA DE BALCONISTA



O filme Vida de Balconista foi escolhido para ser exibido no Festival de Cinema do Rio, mostra Novos Rumos, e teve sua estreia nesse final de semana, no cine Odeon Br, no Rio de Janeiro. O roteiro fica por conta de um velho conhecido de vocês: o ruivo mor, Pedro Monteiro, e Cavi Borges. A produção e uma obra prima da Cavídeo e da Cia Brasileira de Cinema Barato. O filme conta à história de um balconista que trabalha em uma  locadora muito louca e sonha em ser igual ao Tarantino.  O nosso ruivo mor está disfarçado de cinéfilo no filme e tem excelente atuação nas telonas, mais nem precisava, o cara é gênio, além da peça que deve voltar em breve aos palcos. O ator, escritor, produtor e principalmente ruivo, Pedro Monteiro, Chega ao cinema com um roteiro, como diria os baianos; massa velho! Valeu Pedrão, temos orgulho de você. Você certamente está fadado ao sucesso.